Escrita de Pressão. Também em Jorros de Litro.
17
Fev 09
publicado por A.Bruto, às 02:06link do post | comentar

a triologia do desalento foi pensada assim, mas a sua execução revelou-se uma tarefa digna de um semi-deus. ou pelo menos assim o imaginei. aquelas luzes, visão ou bem presentes, nunca o saberei, corpos cintilantes, que sairam de Dentro de mim e se mostraram, como se para que eu soubesse que estariam comigo. não sei se era suposto ter uma catarse e os conhecimentos do universo, pelo menos do meu, fossem ser revelados a qualquer momento, como se eu tivesse a capacidade de, um dia, algures, tivesse o direito de os receber. como se elas me guiassem.

sei que, até agora, nunca mais as vi, mas lembro-me que eram luzes tristes.

Até as minhas alucinações são uma desilusão.


mais sobre mim
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO