Escrita de Pressão. Também em Jorros de Litro.
04
Mar 10
publicado por A.Bruto, às 01:02link do post | comentar

Noutro tempo, noutro lugar tudo seria fácil, como se isso pudesse ser escolhido.  Se calhar até com outras vidas, com outros trabalhos, amigos, cargos e carros. com outra vida, com outros tempos, noutros termos. O que pode ser escolhido, nesta altura, é (e só isso e nada mais) se,a seguir a dar este passo com o pé direito, dorido e inchado, posso podes, dar o passo esquerdo. Quando me apercebo, a mecânica do andar escolheu por mim ti, estando já esse  calcanhar a empurrar o mundo para trás, criando o atrito suficiente para a tracção (atracção) funcionar. E ando. O que se pode escolher não é o sítio, o tempo ou o lugar. simplesmente, se posso, podes, podemos, ter o poder de sermos intérpretes no que está para acontecer. Que nenhum saberá o que será, ainda. Eu caminho, corro, coxeio, salto nessa direcção. Sem saber porquê mas sem o questionar.

 

A chuva miúdinha que caiu lá atrás parece um dilúvio de proporções bíblicas comparada com a confortável luz que ainda me encandeia no caminho que surgiu mesmo à minha frente.


mais sobre mim
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
24
25
26
27

28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO