Escrita de Pressão. Também em Jorros de Litro.
16
Jun 11
publicado por A.Bruto, às 23:05link do post | comentar

 

Entre um cigarro e uma cerveja

vejo sempre as vizinhas

enquanto conversam

sobre o tudo e do nada

sobre tua vida disfarçada

entre dentes 

e da vida dos outros também,

e de quem partiu para a outra,

coitado,

réplica imediata que

coitados somos nós

Que se sentam no café a espalhar a notícia

Da vizinha e do preço das coisas

E eu que envelheço enquanto vejo

o vosso tempo gasto em cinzas. 

Pois esse, bebo-o eu,

Com um brinde macerado

em arrependimento

quando penso no tempo

que perco  a ouvir

as conversas das vizinhas.


mais sobre mim
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
23
25

26
27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO