Escrita de Pressão. Também em Jorros de Litro.
16
Jun 09
publicado por A.Bruto, às 00:31link do post

dei de caras com as escaras, pus o puz no devído síto.

circundei a ferida com a minha navalha romba

esfreguei sal grosso no sangue que, entretanto, fugia a jorros.

 

mordi a língua, rangi os dentes

um laspo do tempo fugiu de mim.

 

pra mal dos meus pecados

terminei a noite, extasiado de dor

suponho que assim, me tenha preparado

para ainda nesta vida poder ir ao teu teatro.

 


De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO